Todo Dia Com as Escrituras

2 Reis 13:10-25 (leia aqui)

Eliseu, cujo nome significa “meu Deus é salvação”, permaneceu como profeta da graça até o fim de seu longo ministério. Aqui ele anuncia livramento a Jeoás, novo rei de Israel, que o visitava. Hoje onde acharemos graça e salvação se não em Cristo, que morreu por nós?

Jeoás infelizmente não foi capaz de aproveitar toda a graça oferecida a ele. O rei não tinha fé. Não somos como ele? Deus tem ricas bênçãos em reserva e está disposto a nos dar todas. Mas pedimos a Ele como se Deus fosse pobre ou como se não quisesse derramá-las sobre nós. Isso se deve a um conhecimento imperfeito de nosso Pai. As limitações nunca vêm dEle, mas de nossa falta de fé. “Nada tendes, porque não pedis” (Tiago 4:2).

Eliseu morre. Mas sua morte se torna uma fonte de vida para outro. Até mesmo na cova esse notável profeta é também um tipo de Cristo (Mateus 27:52).

O final deste capítulo nos mostra que Deus, compelido a castigar Seu povo, ao mesmo tempo é movido pela compaixão para com Israel (Hebreus 12:6).

Outros devocionais

Fale ConoscoQuem SomosTermos de usoPrivacidade e Segurança