Nos 25 Anos do Hamas, a Total Negação ao Estado de Israel

O lider Khaled Meshaal garante que "não reconhecerá o Estado de Israel"

Cai a máscara da trégua e da possível convivência com o Estado de Israel.

Atenção: o novo símbolo do movimento Hamas destaca os 25 anos de existência; a mesquita em Jerusalém; o foguete Qassam M75 e o "futuro Estado palestino indo desde o rio Jordão até o mar Mediterrâneo"

Dezenas de milhares de palestinos se reuniram na manhã de 8 de dezembro de 2012 na praça Katiba da Cidade de Gaza para participar da celebração do 25º aniversário da criação do movimento islâmico Hamas, que controla o enclave palestino desde 2007, quando expulsou os líderes do Fatah para a Cisjordânia.

O ponto marcante da cerimônia foi um discurso do líder do Hamas no exílio, Khaled Meshaal, que esteve em Gaza para sua primeira visita a um território palestino em 45 anos. Em cada lado do palco foram instalados retratos gigantes do fundador do Hamas, xeque Ahmed Yassin, assassinado pelo Exército israelense em 2004, e de Jabari, morto em 2012.

Em seu pronunciamento, ele disse que nunca reconhecerá Israel e insistiu que os palestinos nunca abrirão mão de nenhuma parte de sua terra. "A Palestina é nossa do rio para o mar e do sul para o norte. Não haverá concessão de uma polegada de terra", disse. "Nunca vamos reconhecer a legitimidade da ocupação israelense e, portanto, não há legitimidade para Israel, não importa quanto tempo vá demorar."

Em um discurso belicoso e intransigente, Meshaal também prometeu libertar prisioneiros palestinos detidos em Israel, indicando que militantes islâmicos tentariam sequestrar soldados israelenses para usá-los como moeda de troca.

"Não vamos descansar até libertarmos os prisioneiros. A maneira que libertamos alguns dos prisioneiros no passado é o caminho que vamos usar para libertar os prisioneiros restantes", disse Meshaal, sob aplausos da multidão.

Entre a multidão havia muitas mulheres e crianças com os símbolos do Hamas, bandeiras e gorros de cor verde. A celebração do 25º aniversário ocorre neste ano com uns dias de antecipação para coincidir com o da primeira Intifada palestina, que começou em 8 de dezembro de 1987 na Faixa de Gaza. (www.ruajudaica.com - www.beth-shalom.com.br)

Leia o Estatuto do Hamas »

1005

Chamada.com.br - CNPJ: 92.898.188/0001-55 - Endereço: Rua Erechim, 978 - Porto alegre, RS - 90830-000