Flotilha de Gaza: fotos de soldados israelenses agredidos

O Hurriyet, principal jornal diário da Turquia, publicou uma série de fotos que provam que os comandos israelenses que abordaram o navio Mavi Marmara, enquanto tentava furar o bloqueio de Gaza, foram atacados brutalmente e até mesmo feitos reféns.

As fotos contradizem as alegações da Turquia, do movimento Free Gaza e de uma deputada árabe-israelense do Knesset (o Parlamento de Israel) que estava no navio, dizendo que as tropas abriram fogo indiscriminadamente e sem provocação, e que os passageiros do Marmara estavam desarmados e eram pacíficos.

Fontes militares israelenses disseram que uma segunda equipe de comandos apenas pediu autorização para usar munição real após tomar conhecimento de que seus companheiros tinham sido feitos reféns e que sofriam sérias ameaças de morte. (www.IsraelToday.co.il)

As imagens originais e a reportagem do jornal turco podem ser encontradas em: http://www.hurriyet.com.tr/gundem/14944432.asp?gid=373

Mídia tendenciosa

Logo que começaram a ser distribuídas fotos do IHH (İnsan Hak ve Hürriyetleri, o grupo islamista turco que atacou os soldados no navio), o blog LittleGreenFootballs alertou que a agência de notícias Reuters estava cortando as imagens de tal maneira que não aparecessem facas e garrafas quebradas nas mãos dos ativistas:

Foto distribuída pela Reuters (sem faca e poça de sangue).

Foto do site do IHH (com faca na mão do ativista, poça de sangue e a mão de outro soldado israelense ferido - quase invisível na parte escura da imagem). http://www.ihh.org.tr/uploads/10/06/06/20/e87/yarali-asker-kaynak-ihh-5.jpg

Realçando a iluminação na foto original, fica visível não somente a faca na mão do ativista e uma poça de sangue, mas também a mão de outro soldado israelense gravemente ferido.

Mais uma foto da Reuters cortada de maneira a não aparecer a faca na mão do ativista (veja acima a original do jornal Hurriyet).

A Reuters distribuiu esta foto com a legenda: "Um ativista pró-palestino segura uma garrafa".

Pode ser que ele estava ali apenas olhando o suave movimento das ondas do mar. É possível, também, que estava sentindo muito calor por usar a máscara de gás - e que foi buscar um refrigerante para matar a sede.

Mas, lembrando o vídeo dos ativistas enquanto se preparavam para atacar os soldados israelenses (extraído do sistema das câmaras de segurança do navio), a explicação parece ser outra.

Será que esta foto foi cortada para remover a parte quebrada da garrafa? Não se pode dizer isso com certeza, pois a imagem original não está mais disponível no site do IHH.

Se esse tipo de corte tivesse acontecido somente numa foto, seria possível pensar em acaso - mas a repetição indica que o procedimento foi intencional. Apenas após confrontada com as evidências, a Reuters voltou a distribuir fotos sem cortes - mas tem se negado a admitir a tendenciosidade. (http://www.Beth-Shalom.com.br)

880

Chamada.com.br - CNPJ: 92.898.188/0001-55 - Endereço: Rua Erechim, 978 - Porto alegre, RS - 90830-000





Recomendamos:


  Revista Notícias de Israel, fevereiro de 2014
R$ 4,20
confira »

  3 DVDs de Meno Kalisher
de R$ 38,70
por R$ 30,90
confira »

  DVD Os Vizinhos de Israel - Um Pesadelo?
R$ 12,90
confira »

  Revista Notícias de Israel, março de 2014
R$ 4,20
confira »

  Coleção Notícias de Israel 2012
R$ 33,50
confira »

  DVDs do 38º Congresso Profético em Jerusalém - 2012
R$ 24,90
confira »

  Coleção Notícias de Israel 2011
R$ 33,50
confira »
Mais sugestões »